Pele – Amanda Arruda - Página: 2
Browsing Category

Pele

Feminices, Pele

Maquiagem: o que eu uso no dia a dia

Maquiagem do dia a dia

Primeiramente, gostaria de dizer que, na falta de um título melhor, o que vou mostrar pra vocês são, realmente, os produtos que eu uso pra uma maquiagem simples, bem cara-quase-lavada mas com aquele toque de dignidade. Ou seja: dia a dia. Porém não uso maquiagem todo dia. Na verdade, usar maquiagem é a exceção, não a regra.  Sou do time cara de zumbi em quase todos os dias da semana e tenho bastante preguiça de colocar até um pó, normalmente. Sou entusiasta, amo testar novidades, mas simplesmente não é uma coisa que eu consiga usar todos os dias. No geral, lavo o rosto, passo um hidratante e vou pra luta. Mas claro que existem aqueles momentos que eu tô pro crime, tô querendo aquele tchanzinho de leve – e é aí que entra minha necessaire básica que eu vou apresentar pra vocês nesse post. Os itens com asterisco são aqueles que nem sempre participam da maquiagem, mas estão lá just in case. (:

Base Vult Efeito Matte – Essa, até hoje, foi a melhor base em questão de matificar que eu testei até agora. Claro que não testei muitas bases na vida (como vaidosa preguiçosa que sou), mas acho que a base da Vult tem um custo-benefício bem honesto em relação a outras marcas. A base tem uma cobertura de leve a média e fica bem sequinha na pele (nem é tão necessário usar pó depois, mas eu uso mesmo assim), além de ter uma duração bem ok. Gostei bastante, e olha que não sou de gostar de base.

Corretivo Make B * – Corretivo é uma coisa que eu não uso muito, pois a maioria das minhas manchinhas são cobertas pelo combo base + pó. Entretanto, quando tem alguma coisa muito uó, uso esse para quebrar meu galho.

Pó Compacto Vult – Comprei um desses num momento de desespero, em um farmácia, e terminei usando no dia a dia. Não tem lá essas coberturas (assim como a base que eu mencionei acima, é leve pra média), mas como geralmente uso com a base, tende a cumprir bem seu papel.

Máscara Maybelline One by One – Essa máscara dá o volume que eu quero e deixa os cílios bem separadinhos, o que eu acho sensacional. Simplesmente amor. <3

Delineador Líquido Vult * – Quando estou realmente DISPOSTA (vocês sabem que pra dançar a dança do delineado tem que ter disposição), passo o delineador líquido da Vult. Já perceberam que curto os produtos da Vult, né? Pra mim, especialmente, cumpre demais o que eu preciso com um precinho amigo.  O delineador em si tem uma durabilidade BEM boa (mas não aguenta muito borrão, então não bota a mão no olho, amiga!).

Batons Líquidos QDB e Vult * – O que falar desses amigos meus que me apresentaram as maravilhas do batom? Comecei a usar os looks ‘boca tudo’ depois do advento desses bonitos e, olha, mudou minha vida. Tenho as cores uvali e rosadili da QDB e amo de paixão. Ainda quero o vermelho deles e, talvez, o vinho. Da Vult, tenho apenas o nude (e só me interessei por ele mesmo) e sou feliz com a minha escolha. A cor fica muito legal nos lábios.

Lápis de Sobrancelha QDB – Sabem MUDANÇA DE VIDA? Esse lápis. Finalmente encontrei um cor que casa com minha sobrancelha, depois de muito procurar. E ele ainda tem um outro lado, que tem um lápis clarinho para destacar o desenho das sobrancelhas. Amor real, amor verdadeiro. <3

Blush Vult – Adoro blush e sempre que me maquio, coloco uma corzinha na cara, porque apesar de morar em Recife, eu tenho aquele lindo bronze de escritório, haha.

Lip Balm Carmex – Esse lindo eu trouxe lá de Londres mas, na verdade, não importa que lip balm eu estou usando – tenho MUITOS na minha casa, um em cada bolsa e espaço em que eu possa precisar. Meus lábios ressecam muito rápido, então estou sempre com um.  Geralmente, uso os da Nivea, que são bem fáceis de achar aqui em Recife e têm um custo-benefício bem honesto.

That’s all, folks! E vocês, o que usam no dia-a-dia? Compartilhem nos comentários!

Feminices, Pele

Gel de limpeza do amor: Dermotivin

Dermotivin Original

Fazia um tempinho que eu era fiel ao gel de limpeza para peles sensíveis da Effaclar – creio que usei esse por muitos anos, tanto porque gostava dele quanto porque amava o cheirinho suave que ele deixava na pele. Até que eu li o livro The Beauty Bible e descobri que ele, meu gel de limpeza favorito (até então) continha, no começo da sua lista de ingredientes, SLS (um ingrediente altamente irritante). Isso explicava todas as vezes que a pele perto do meu nariz descamava e porque, apesar dos meus cuidados, limpar e hidratar minha pele não parecia acalmá-la nem impedi-la de voltar sua fúria oleosa para mim.

Desde então, estive à caça de géis de limpeza que não contivessem agentes irritantes, mas que fossem pra pele oleosa. O que, acreditem, não é uma tarefa fácil, porque as empresas de cosméticos acreditam que pra limpar pele oleosa tem que jogar todo sabão do mundo nela. E não é bem assim, né? Minha pele, por exemplo, apesar de oleosa, é sensível, e não aguenta essa agressão toda não. Além do quê tem aquele velho e bom efeito rebote, né? Limpar demais a pele faz ela produzir muito mais óleo depois (e acne, se você for propenso a isso). E acredito que isso aconteceu comigo por um bom tempo. Enfim. O fato é que pesquisei, pesquisei, pesquisei e achei o Dermotivin Original, para peles mistas a oleosas, que milagrosamente não tem nenhum ingrediente agressivo em sua fórmula (pelo menos, nenhum dos que eu conheço).

O Dermotivin é um gelzinho azul/verde que não espuma e limpa muito suavemente a pele. Tendo como ingredientes principais extratos de calêndula e aloe vera, é fácil entender o porquê desse gel de limpeza não deixar a pele esticando depois: ele hidrata enquanto limpa, deixando o rosto com jeitinho de limpo, mas sem exagero. O cheirinho é muito bom (embora o  do Effaclar ganhe de lavada) e suave, ficando na pele apenas enquanto você está lavando o rosto.

Com o uso, notei minha pele muito menos irritada e, também, com a oleosidade controlada. Apareceram poucas espinhas, desde então, apenas no meu período pré-menstrual (o que é de praxe) e pouquíssimos cistos (tenho uma tendência medonha para esses). De forma geral, minha pele se deu muito bem com esse produto, acredito que era realmente uma das coisas que estavam faltando na minha rotina diária.

Eu comprei uma bisnaga de 70ml, para testar, mas existem vários tamanhos disponíveis. A minha eu comprei na Drogaria São Paulo da Rosa e Silva (no Bairro das Graças, aqui em Recife) e custou cerca de R$35. A minha está quase no fim já, acredito que vá durar só até o fim do mês. Infelizmente, esse tipo de gel (que não espuma) não dura tanto quando o que espuma. Tento não exagerar na dose, coloco pouquinho, mas como não espuma, preciso colocar mais para limpar direitinho. Vou testar, depois, a opção foam desse mesmo gel (onde rola uma espuminha), para ver se dura mais um pouquinho que esse.

Resumindo: Dermovitin aprovadíssimo e já totalmente inserido na minha rotina diária. E vocês, qual o gel de limpeza do coração? Conhecem algum outro sem agentes agressivos à pele? Deixem as dicas nos comentários!

Feminices, Pele

Update – Minha rotina atual de cuidados com a pele

Minha rotina de cuidados com a pele

Eu tenho tentado, ao máximo, tornar a minha rotina de beleza mais simples e efetiva. Uma grande mudança em relação à minha estratégia anterior é que eu estou, agora, lendo rótulos e procurando coisas que não agridam a minha pele – que apesar de ser oleosa, não lida bem com agentes irritantes, ficando com partes ressecadas, avermelhadas e irritadas. Essa mudança foi incitada pela leitura do livro The Original Beauty Bible, um ótimo livro de referência no que diz respeito à saúde e beleza da pele e das unhas. A autora joga algumas verdades que eu, noob que sou em assuntos belezísticos, não fazia ideia. É uma leitura bem legal pra quem não manja tanto dos paranauês – e até pra quem manja um bocadinho.

Enfim, voltando ao foco: a minha postura atual em relação a minha rotina de beleza. Comecei por tirar os agentes irritantes de cena, o que inclui cortar qualquer produto que contenha: álcool, sódio lauril-sulfato, ácido cítrico, cânfora, mentol, etc.  Ou seja: not an easy task, porque tem MUITA coisa com esses ingredientes no meio. Inclusive, quando fui passar o olho nos rótulos dos produtos que eu já tinha, pouquíssimos conseguiram se safar (nem meu, até então, amado e idolatrado gel de limpeza Effaclar para peles sensíveis!). Doei a maioria dos meus produtos de beleza e estou refazendo, aos poucos, meu estoque com coisas que eu realmente use e que não me façam mal. As rotinas que descreverei abaixo são resultado desse esforço para tratar melhor minha pele e ver se ela para de se revoltar comigo, haha!

AM

Para limpar a pele eu uso o Gel de Limpeza Dermotivin Original (a versão de 200ml tem um preço bem salgado, mas a de 70ml é pagável), para peles mistas e oleosas. Ele não contém nenhum agente irritante da lista principal da Paula e isso já ficou óbvio pela forma como minha pele se comporta depois que eu o utilizo – sem aquela secura excessiva, sem locais vermelhos e irritados. Se minha pele estiver num mau momento, aplico o Effaclar Duo e, em seguida, o protetor solar Capital Soleil, FPS 30. Caso eu resolva usar maquiagem, troco o protetor pela base compacta da SpectraBAN (que tem FPS 39) e sigo com a maquiagem.

PM

Se usei maquiagem, eu uso Shampoo Johnson neutro antes de tudo, uma vez que ele remove de forma rápida e sem drama a maquiagem dos olhos e da pele (infelizmente, ele contém agentes irritantes, portanto já estou procurando uma opção menos agressiva para a minha pele). Depois utilizo, novamente, o Gel de Limpeza Dermotivin (lavo duas vezes, para ter certeza que quaisquer resquícios de maquiagem e protetor solar foram embora) e, por último, uso novamente, o Effaclar Duo.

Ainda quero adicionar à minha rotina: um tônico, um base com protetor com um toque mais seco e mais leve (achei a SpectraBAN meio pesada, o que me incomoda), um demaquilante menos irritante e um hidratante para a noite mais leve que o Effaclar Duo (para quando a minha pele estiver se comportando bem).  Quem tiver indicações para fazer, deixa aí nos comentários!

Como é a rotina de cuidados com a pele de vocês?

Feminices, Pele

A minha rotina atual de cuidados com a pele

Quem me conhece, sabe que eu sou uma bagunça. Faz pouco tempo que comecei a desenrolar um traço mais ou menos no delineador e não aguento muito tempo em um salto nem que minha vida dependa disso. Nunca fui muito vaidosa, mas essa é uma coisa que eu venho tentando mudar nos últimos meses, porque descobri que: isso me faz bem. Antes eu achava que eu não deveria me forçar a fazer algo que não me fazia falta e que eu tava de boa e pra quê se dar ao trabalho, gente? Mas, agora, eu acho que sim, que eu devo me dar ao trabalho, porque quando eu tô com as sobrancelhas em dia, um blushzinho no rosto e um roupinha decente, eu me sinto muito melhor. Uma pessoa mais feliz, mais confiante, mais eu. Portanto, sim, eu não era vaidosa, mas agora estou sendo – e gastando alguns dinheiros no processo. Mas isso tudo é divagação, porque o assunto do post de hoje é bem específico: o que eu estou usando para cuidar da minha pele.

A minha pele é um drama na minha vida, mas já foi pior. Eu nunca tinha tido espinha na vida, daí completei 18 anos e as miseráveis resolveram pipocar na minha cara toda, além dos ombros, braços, peito e costas. Eu tinha desde cravos a cistos horríveis, que doíam mesmo antes de sair de debaixo da pele (quando eles saíam). Passei uns bons anos tentando lidar com a acne de todas as maneiras possíveis, até que um dia fiz um exame de rotina e descobri que estava com cistos nos ovários. Passei um tempinho fazendo o tratamento (que consiste em tomar um anticoncepcional de alta dosagem, basicamente) e qual não foi meu choque ao descobrir que, sim, as espinhas eram de origem hormonal (como eu imaginava desde o início e NINGUÉM me dava bola) e que elas desapareceram com o tratamento à base de anticoncepcional? Pois é. Tudo lindo, tudo maravilhoso, mas eu odeio tomar anticoncepcional. O que eu usei no tratamento dos cistos se chama Selene e me dava terríveis dores de cabeça, coisa que eu nunca tinha tido antes de começar a tomá-lo. Quando terminou os 6 meses de tratamento, não queria continuar tomando o Selene, mas também não queria que as espinhas voltassem, então optei por uma opção de contraceptivo mais leve, o Yasmin. Tudo muito lindo, tudo muito bom, eu não tinha dores de cabeça, mas: não tinha vontade de fazer nada na vida. Acho que deviam mudar o nome do medicamento para “queria estar morta”, porque era basicamente a minha vontade enquanto eu estava fazendo tratamento com ele. Daí, no comecinho desse mês, chutei o pau da barraca e decidi que não ia tomar mais nada porque não sou obrigada. E também porque queria testar e ver quanto tempo a minha pele aguentaria sem eu ter que correr desesperada para o anticoncepcional – ou pro Roacutam, coisa que estou tentando evitar.

E, gente? So far, so good. Minha pele não está perfeita, já apareceram algumas espinhas desde então, mas nada preocupante e nada com que eu não possa lidar. Por isso resolvi dividir com vocês o que eu estou usando porque, quem sabe, pode funcionar pra alguém, né? Alguns produtos não são facilmente encontrados no Brasil (os da Soap & Glory), mas acho que valem a busca no Ebay, porque são sensacionais.

Produtinhos de Pele

  1. Face Soap and Clarity – 3 in 1 Daily Detox (Soap & Glory, R$40): esse gel de limpeza é perfeito, na minha opinião, porque permite que se faça uma esfoliação leve todos os dias, sem que sua pele fique revoltada e decida engatar um efeito rebote, enchendo sua cara de óleo. A minha pele é do tipo oleosa e sensível e eu me dei super bem com ele, mesmo achando de início que não seria possível usá-lo todos os dias. Uso pela manhã e pela noite, quase todos os dias (é, gente, ainda sou meio bagunça, fazer o quê?).
  2. Make Yourself Youthful – CC Cream (Soap & Glory, R$54): eu tenho um sério problema – não consigo lembrar de passar protetor no rosto. Nunca. E em Recife faz um sol DAQUELES, né? Portanto, quando estava de férias em Londres, vi esse CC da Soap & Glory e resolvi trazer, porque parecia ser prático, já que funcionava como, entre outras coisas, base e protetor solar. No fim, serviu pra muito mais coisas. Passo sempre pela manhã, depois de limpar o rosto. Ele dá uma hidratadinha – mas sem pesar a mão – e ainda protege a pele do sol. Fiquei muito feliz porque, com ele, consigo usar maquiagem de boa, sem ficar pipocada de espinhas depois, já que a textura dele é super leve.
  3. Avon Care – Máscara de Pepino (Avon, R$4,50): uso essa máscara sempre que acho que minha pele merece um descanso. Também uso depois de uma máscara mais esfoliante e tal, como calmante. Adoro que ela é do tipo peel-off, que é muito mais prática (e divertida, na minha opinião madura -não) de tirar.
  4. Avon Solutions – Máscara Facial de Limpeza Profunda (Avon, R$17): essa é uma das máscaras que uso bem esporadicamente porque é muito mais hardcore do que as outras duas que eu tenho. Ela limpa profundamente a pele, tanto que ela fica meio que esticando quando você tira, sabe como é? Ideal pra quando você tá sentindo que a pele tá precisada de uma faxina.
  5. The Fab Pore – 2 in 1 Pore Purifying Mask & Peel (Soap & Glory, R$40): esse foi mais um dos produtos que eu trouxe comigo de uma das visitas à amada e idolatrada Boots. Ela dá uma minimizada no tamanho dos poros, além de também servir como esfoliante. Gosto bastante e penso que ela é uma das razões pelas quais minhas espinhas diminuiram em quantidade e tamanho, mesmo eu tendo parado o tratamento com anticoncepcional. O cheirinho é uma delícia e eu gosto de usá-la em dias quentes, porque ela é geladinha. <3
  6. Adesivo para Remoção de Cravos do Nariz (Ricca, R$13): essa foi uma descoberta SENSACIONAL. SEN-SA-CI-O-NAL. Eu tinha vontade de testar um desses desde que assisti O Diário da Princesa pela primeira vez – e Mia aparece com um treco desse grudado no nariz. Já tinha rodado o mundo atrás de um, sem qualquer sucesso. Daí, tô de boa escolhendo uma hidratação de cabelo no Mundo do Cabelereiro e dou de cara com esse arrancadores de cravo de nariz. Prontamente peguei uma caixinha (que, infelizmente, só vem com três adesivos) para testar e ó: amei. Arranca mesmo, a grande maioria dos cravos. Eu, particularmente, acho que é legal dar uma aquecida na pele (colocando o rosto em cima de uma bacia com água quente, por exemplo, para que ela entre em contato com o vapor), para dilatar os poros e ajudar o adesivo a trabalhar melhor.
  7. Purezone – Secativo Roll-on (L’óreal Paris, R$33): como as espinhas ainda aparecem, quando eu consigo não espremê-las (não aprendi a aceitar aquelas coisas doloridas e amarelas no meu rosto ainda), eu uso esse secativo para ver se as malditas vão dessa pra melhor. Pra ser sincera, não noto tanta diferença assim, mas uso porque vai que ajuda, né?

Já usaram algum desses ou querem usar e têm alguma pergunta? Gostariam de me indicar algum produtinho? Comentem! 😉